• Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher

Lingerie para gestantes: Maya, a "lingerie materna" para grávidas antenadas

Maya é uma marca de lingerie que atende as futuras mamães mais antenadas. Suas peças aliam mais praticidade, conforto, muita beleza e design moderno! Trata-se de uma linha de lingerie desenvolvida especialmente para mamães que querem algo além (ou muito além!) do bege, mas que também não abrem mão do conforto que toda mulher grávida necessita!

Lingerie para gestantes Maya lingerie materna
Maya: lingerie materna

Segundo as criadoras da marca, cada peça e cada detalhe de uma lingerie Maya foi sonhado, projetado e produzido pensando em seu conforto e bem-estar.

"Nosso desejo é oferecer carinho e estilo a você, que é mulher e mãe, diz Natália Pereira."

Por que usar a lingerie para gestantes Maya?


Cada detalhe de dessas lingeries foi pensado para garantir conforto, bem-estar e autoestima às futuras mamães.

Fecho com 6 regulagens nas costas, para você se sentir mais confortável mesmo com as oscilações de peso características da gestação e do pós-parto;

Ampla abertura da taça e fecho tipo clique, que pode ser facilmente manipulado com apenas uma mão;

Alças mais largas, que promovem maior sustentação dos seios sem machucar seus ombros;

Base mais larga e ampla cobertura dos seios, que garantem o ajuste correto do sutiã e dão sensação de segurança durante o uso;

Calcinhas com forro 100% algodão, para mais conforto e higiene;

Design diferenciado, com cores, tecidos e rendas que farão você se sentir linda e segura enquanto amamenta.

Lingerie para gestantes Maya lingerie materna
Maya: lingerie materna

Por que usar um sutiã especial para amamentação?


Antes do nascimento do bebê, durante a gestação,já podemos notar diferenças importantes nos seios, como o maior volume e sensibilidade. Nesse momento, muitas mulheres sentem necessidade de trocar a lingerie para algo maior e mais confortável, e buscam os sutiãs de amamentação.

Esse tipo de lingerie tem a função de promover boa sustentação aos seios e facilitar o acesso do bebê ao seu alimento, por meio de aberturas especiais. Para garantir o conforto, é importante que as peças sejam confeccionadas com materiais de qualidade, minimizando as chances de alergias (mais comuns em gestantes).

A modelagem também deve ser especial, para que o uso prolongado do sutiã não prejudique a circulação sanguínea na região (sem comprimir as mamas com elásticos apertados ou aros metálicos, por exemplo).

🔷 Leia também: Como as grávidas devem usar o cinto de segurança?

Fonte: Maya

Redação: Renata Fraia - farmacêutica e jornalista, atuando desde 2008 na atenção e assistência farmacêutica nos blogs Saúde da Mulher e Saúde com Ciência
Leia Mais ►

Clamídia pode causar infertilidade

Sabia que a clamídia é a grande inimiga da fertilidade?


A clamídia é a doença sexualmente transmissível (DST) mais comum entre homens e mulheres. Aliás, muita gente tem clamídia e não sabe. Por se tratar de uma doença silenciosa, cujos sintomas vão aparecer bem depois, é fundamental usar preservativo durante as relações sexuais.

Clamídia pode causar infertilidade
Clamídia pode causar infertilidade


Esta é a opinião de Suely Resende, especialista em Medicina Reprodutiva e diretora do Fertility Medical Group – unidade Campo Grande.

“O maior problema é que, quando não tratada, a clamídia pode causar infecção nas trompas de Falópio, levar à doença inflamatória pélvica e à infertilidade”, diz a médica.

Clamídia causa infertilidade

“O tratamento é tão importante que poderá definir se a paciente enfrentará problemas, no futuro, quando quiser engravidar”, diz a médica.

Leia também: Abacate aumenta a fertilidade.

Quando não tratada ou quando a paciente não completa devidamente o tratamento, a clamídia pode se espalhar pelo útero e pelas tubas uterinas e causar a doença inflamatória pélvica (DIP), que é uma infecção tão séria e comprometedora para o sistema reprodutor, que pode levar à infertilidade permanente ou a episódios de gravidez ectópica – que se desenvolve fora do útero. Casos como esse oferecem risco elevado à vida da paciente, já que pode ocorrer hemorragia interna, resultando em cirurgia de urgência.

Clamídia durante a gravidez


Suely faz um último alerta a respeito das mulheres que contraem clamídia durante a gravidez. Segundo ela, se a paciente está grávida e descobre que tem clamídia, é importante conhecer os riscos de transmitir a doença para o bebê durante o parto.

Leia também: Candidíase na gravidez prejudica o bebê?

Inclusive, a criança poderá, já ao nascer, sofrer de pneumonia ou apresentar infecção ocular grave, podendo levar à cegueira. Daí a importância de fazer exames já na primeira visita de pré-natal e seguir o tratamento prescrito na íntegra. Afinal, uma vez curada, a paciente poderá levar vida normal – sempre se prevenindo contra novas contaminações de DSTs.

Sintomas da clamídia:

  • ardência ao urinar
  • desconforto durante as relações sexuais
  • presença de um tipo de corrimento
  • também pode haver dor na região da abertura do pênis (no homem, é claro)


Leia também: Sintomas da Endometriose.

“Na maioria das vezes, quem procura o médico primeiro é a mulher, porque apresenta mais sintomas. Porém, o tratamento diz respeito ao casal”. Mesmo nos casos de sexo casual, então, vale a pena avisar o parceiro sobre a importância do tratamento. Além dos antibióticos, o ideal é evitar relações sexuais por no mínimo sete dias.

Fonte: Suely Resende é médica ginecologista, especialista em Medicina Reprodutiva e Fertilização Assistida, diretora do Fertility Medical Group – unidade Campo Grande (MS) – www.fertility.com.br // blog.fertility.com.br


Leia Mais ►

Íntimus apresenta novidades...

... E reforça posicionamento de marca completa de cuidados femininos. Marca traz inovações relevantes em três das suas categorias.

Com a proposta de oferecer uma experiência superior de cuidado íntimo feminino, Intimus, pertencente à multinacional norte-americana Kimberly-Clark, traz três novidades no portfólio:
  1. novo centro de absorção para os absorventes Intimus Noturno®, 
  2. lançamento de protetores diários Flexíveis Intimus Days® e 
  3. nova formulação dos sabonetes Intimus®, com novas fragâncias.

Intimus apresenta três lançamentos...

Pryia Patel, diretora da categoria de cuidados femininos, adultos e infantis da empresa, aponta que a marca busca se aproximar das consumidoras: “Intimus é a marca completa de cuidados femininos e estamos em constante desenvolvimento de produtos para atender as necessidades deste público, podendo acompanhar essa mulher todos os dias em sua rotina, indo além do período menstrual”, aponta a executiva.

Confira abaixo os lançamentos da Intimus:


1. Relançamento de Intimus Noturno®: Inovação do produto traz um maior centro de absorção, que aliado às redes de canais absorvem o fluxo rapidamente e distribuem por todo absorvente, evitando vazamento.

O formato mais longo* entrega uma proteção superior para uma boa noite de sono ou dias de fluxo intenso. Além disso, contém cápsulas em gel que ajudam no controle de odores.

2. Lançamento protetores Intimus Days® Flexíveis: A mulher muda de lingerie dependendo da situação*, mas não precisa mais mudar de protetor.

Os novos protetores possuem laterais flexíveis e discretas que se adaptam a qualquer tipo de calcinha. Além de ter uma camada respirável que permite que o ar circule e não abafe a região íntima. Ideal para serem utilizados todos os dias fora do período menstrual.

*Fonte: Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI) 2011 - Amostra: 1.100

3. Sabonetes Intimus®: os novos sabonetes Intimus® foram especialmente desenvolvidos para prolongar a sensação de frescor e limpeza pois possui a exclusiva tecnologia Intimus® Odor Control que minimiza os maus odores deixando-a fresca por mais tempo, todos os dias.

Todos os produtos possuem pH balanceado que respeitam o equilíbrio da região íntima e são ginecologicamente testados.

Fonte: Kimberly-Clark

Redação: Renata Fraia - farmacêutica e jornalista, atuando desde 2008 na atenção e assistência farmacêutica nos blogs Saúde da Mulher e Saúde com Ciência
Leia Mais ►

Não encontrou o que buscava? Pesquise

Pesquisa personalizada