Sais de Banho: para o corpo e para a casa. Um verdadeiro curinga!


Além de relaxar, os sais de banho têm a função de esfoliar o corpo e escaldar os pés.

Que os sais de banho são excelentes aliados na hora de relaxar depois de um dia cansativo a gente já sabe. Mas sabia que ele tem ainda muitas outras funções? Confira todas elas abaixo. Boa leitura!

Sais de Banho: para o corpo e para a casa


Sais de Banho: para o corpo e para a casa.
Sais de Banho: para o corpo e para a casa. / foto: Pixabay

Sais de banho para o corpo - durante o banho


Os sais de banho são conhecidos por revitalizar e energizar o corpo, além disso, eliminam as impurezas do organismo e aliviam o stress do dia a dia. Portanto, não há nada religioso ou mágico em "tomar banho de sal grosso", a razão é puramente bioquímica - científica mesmo.

Porém, o que muita gente não sabe, é que o produto pode ser usado de diferentes formas.

Sais de banho para o corpo - esfoliação


Outra versatilidade dos sais de banho é na esfoliação da pele. Para isso, basta misturar uma colher de sopa de sais de banho em um pouco de creme hidratante e esfoliar suavemente em movimentos circulares. Para quem tem peles oleosas pode usar 2 vezes por semana. Para quem pele normal e seca pode usar 1 vez por semana.

Sais de banho para o corpo - escalda-pés


Para quem fica o dia todo de pé, uma dica é fazer escalda-pés com sais de banho. Basta esquentar um litro de água (não ferva para não se queimar), acrescentar os sais de banho e colocar tudo em uma bacia. Depois é só colocar os pés e relaxar por cerca de 20 minutos.

>> Leia mais sobre Beleza no Saúde da Mulher.

Sais de banho para a casa - perfume e beleza do lar


Para quem tem gosta de deixar a casa com um cheiro especial, a dica é embrulhar uma quantia de sais de banho em um pedaço de tule e colocar nas gavetas.

Nesta semana, comprei sais de banho da marca Kapeh e testei o produto em todas as funções dos sais de banho indicadas acima. Ele conta com fórmula exclusiva e multifuncional feita à base de sais minerais e enriquecida com extrato de café.

Sais de banho - Faça em casa


Dica do Saúde da Mulher: Se quiser fazer em casa, a dica é borrifar no sal grosso para churrasco essências perfumadas. Depois é só usar da maneira que preferir.
Leia Mais ►

O que é Mastopexia? Lifting de mamas funciona mesmo?

 
O que é Mastopexia? Lifting de mama funciona mesmo?
O que é Mastopexia? 
Os seios ajudam a definir a feminilidade da mulher. E como há formas, tamanhos e aspectos diferentes, eles também são considerados agentes influenciadores da personalidade e na postura corporal. Por isso, as mudanças que as mamas sofrem podem ser bem desagradáveis.

Da mesma forma que outras partes do corpo, os seios também sofrem alterações advindas da genética, gravidez e amamentação, envelhecimento, ganho ou perda de peso e mudanças hormonais. Mamas que antes eram firmes começam a cair, ficando pesadas ou flácidas. Uma mamoplastia de aumento, ou Mastopexia, possibilitam um novo contorno a firmeza à mama, definindo as curvas do corpo e dando aos seios uma aparência jovial.

Mas o que é mastopexia?


MASTOPEXIA. A mastopexia é uma cirurgia cuja função é reverter o caimento natural dos seios, a tal ptose mamária, uma forma de lifting de mamas.

Leia também: Mastite, sintomas e tratamentos.

A Mastopexia - Lifting de mamas funciona mesmo?


Funciona. A mastopexia reposiciona a aréola e a pele flácida, elevando as mamas até sua posição original, garantindo maior simetria e melhorando o contorno das mamas.

Técnicas aplicadas x cicatrizes


Como a Mastopexia visa deixar a mama em uma posição mais alta na região do tórax, existem vários padrões de incisão e técnicas utilizadas, sendo que cada uma delas se adéqua a diferentes tipos de pacientes e aos resultados desejados. Em relação às cicatrizes, o cirurgião plástico descreve que elas podem ser periareolar, vertical, em "L" ou em "T".

“Existem outras técnicas como a Periareolar, que tem uma indicação mais restrita e é usada quando há necessidade apenas de subir o CAP (Complexo Aréolo Papilar) de mamas com pouca queda e, consequentemente, pouca pele para se retirar. O importante é conseguirmos a melhor forma de mama possível com menos cicatriz. O interessante na Mastopexia é que ela pode estar associada à colocação de implante de silicone, quando houver indicação para isso”, esclarece Dr. Laercio Guerra.

Leia também: Café em excesso pode diminuir os seios.

Fonte: Dr. Laercio Guerra Garcia Júnior (CRM-SP 101.095) - Residência Médica em Cirurgia Plástica pelo Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo possui Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPC).
Leia Mais ►

Obesidade na gravidez afeta imunidade do bebê, diz estudo

Estudo aponta que obesidade na gravidez afeta imunidade do bebê.


Um estudo publicado na revista científica Pediatric Allergy and Immunology concluiu que o sobrepeso na gravidez pode afetar a saúde dos bebês, mais especificamente a imunidade dos recém-nascidos, tornando-os mais suscetíveis a pegar doenças.

Leia também: Candidíase na gravidez prejudica o bebê?

Obesidade na gravidez afeta imunidade do bebê, diz estudo
Obesidade na gravidez afeta imunidade do bebê, diz estudo

Como foi o estudo obesidade na gravidez X imunidade dos bebês

A pesquisa foi realizada com a participação de 39 mulheres e seus bebês. No início da pesquisa cada mulher teve seu índice de massa corporal (IMC) calculado. Em um outro momento da pesquisa elas foram divididas em três grupos: 11 tinham peso saudável, 14 estavam com sobrepeso (IMC entre 25 e 30) e 14 eram obesas (IMC acima de 30).

Leia também: Colesterol Alto na Gravidez: como evitar, incidência e consequências.

O estudo consistia em coletar sangue do cordão umbilical dos recém-nascidos e depois analisar o perfil e quantidade das células imunes. De acordo com o resultado os bebês nascidos de mães que se tornaram obesas apresentaram células "enfraquecidas" em comparação com as que possuíam peso saudável.

"Essas alterações podem diminuir as respostas do sistema imunológico aos agentes infecciosos e comprometer a vacinação", disse a autora principal do estudo Ilhem Messaoudi, da Universidade Califórnia-Riverside. "Isso poderia mudar como reagimos à vacinação, por exemplo. Será que devemos alterar a frequência com que vacinamos as crianças nascidas de mães obesas?", questiona.

Mas apesar dos resultados terem direcionado para a conclusão de que a obesidade materna interfere na saúde de bebês recém-nascidos, a pesquisadora acha que ainda são necessários novos estudos.

Leia também: Sintomas da pré-eclâmpsia; causas e tratamento da doença que aumenta no inverno.

Leia tudo o que já foi escrito sobre Gravidez.

Fonte: Veja
Foto: Pixabay
Leia Mais ►

Não encontrou o que buscava? Pesquise

Pesquisa personalizada