Clamídia pode causar infertilidade

Sabia que a clamídia é a grande inimiga da fertilidade?


A clamídia é a doença sexualmente transmissível (DST) mais comum entre homens e mulheres. Aliás, muita gente tem clamídia e não sabe. Por se tratar de uma doença silenciosa, cujos sintomas vão aparecer bem depois, é fundamental usar preservativo durante as relações sexuais.

Clamídia pode causar infertilidade
Clamídia pode causar infertilidade


Esta é a opinião de Suely Resende, especialista em Medicina Reprodutiva e diretora do Fertility Medical Group – unidade Campo Grande.

“O maior problema é que, quando não tratada, a clamídia pode causar infecção nas trompas de Falópio, levar à doença inflamatória pélvica e à infertilidade”, diz a médica.

Clamídia causa infertilidade

“O tratamento é tão importante que poderá definir se a paciente enfrentará problemas, no futuro, quando quiser engravidar”, diz a médica.

Leia também: Abacate aumenta a fertilidade.

Quando não tratada ou quando a paciente não completa devidamente o tratamento, a clamídia pode se espalhar pelo útero e pelas tubas uterinas e causar a doença inflamatória pélvica (DIP), que é uma infecção tão séria e comprometedora para o sistema reprodutor, que pode levar à infertilidade permanente ou a episódios de gravidez ectópica – que se desenvolve fora do útero. Casos como esse oferecem risco elevado à vida da paciente, já que pode ocorrer hemorragia interna, resultando em cirurgia de urgência.

Clamídia durante a gravidez


Suely faz um último alerta a respeito das mulheres que contraem clamídia durante a gravidez. Segundo ela, se a paciente está grávida e descobre que tem clamídia, é importante conhecer os riscos de transmitir a doença para o bebê durante o parto.

Leia também: Candidíase na gravidez prejudica o bebê?

Inclusive, a criança poderá, já ao nascer, sofrer de pneumonia ou apresentar infecção ocular grave, podendo levar à cegueira. Daí a importância de fazer exames já na primeira visita de pré-natal e seguir o tratamento prescrito na íntegra. Afinal, uma vez curada, a paciente poderá levar vida normal – sempre se prevenindo contra novas contaminações de DSTs.

Sintomas da clamídia:

  • ardência ao urinar
  • desconforto durante as relações sexuais
  • presença de um tipo de corrimento
  • também pode haver dor na região da abertura do pênis (no homem, é claro)


Leia também: Sintomas da Endometriose.

“Na maioria das vezes, quem procura o médico primeiro é a mulher, porque apresenta mais sintomas. Porém, o tratamento diz respeito ao casal”. Mesmo nos casos de sexo casual, então, vale a pena avisar o parceiro sobre a importância do tratamento. Além dos antibióticos, o ideal é evitar relações sexuais por no mínimo sete dias.

Fonte: Suely Resende é médica ginecologista, especialista em Medicina Reprodutiva e Fertilização Assistida, diretora do Fertility Medical Group – unidade Campo Grande (MS) – www.fertility.com.br // blog.fertility.com.br


Conteúdo do Saúde da Mulher é informativo/educativo. Não exclui consulta com profissional de saúde. Este artigo pertence ao Saúde da Mulher. Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.

Mais posts...

Não encontrou o que buscava? Pesquise

Pesquisa personalizada