Hiperemese gravídica, o que é

A recente notícia da gravidez da duquesa de Cambridge, Kate Middleton, trouxe alegria e também preocupação.

É que Kate Middleeton está com hiperemese gravídica. Saiba tudo sobre essa doença, ou "transtorno" da gravidez.



Hiperemese gravídica, o que é

A hiperemese gravídica, quadro clínico que acontece com 60% a 80% das gestantes no primeiro trimestre da gravidez nada mais é que um quadro de ânsia (náuseas) e vômitos - que são comuns no início de qualquer gravidez - mas que nesse caso, acontece de forma exagerada. Ou seja hiperemese = hiper (mais) + emese (vômitos).

Hiperemese gravídica, sintomas 

Os sintomas que a Hiperemese Gravídica apresenta são as famosas náuseas e vômitos, muitas vezes levando a um comprometimento do estado nutricional da mulher.

Hiperemese Gravídica, Fatores etiológicos

Multifatorial, há os componentes afetivos, psicossocial e psicodinâmico, em suas varias modalidades.

E um quadro clinico muito controverso, mas o que está mais em evidencia são, os níveis elevados de estrógenos, progesterona, gonadotrofinas coriônicas, relaxamento da musculatura lisa do estomago e os componentes imunológicos.


Diagnóstico Diferencial da Hiperemese Gravídica

Faz-se necessários excluir patologias que apresentam o quadro clinico descrito, pois as patologias abaixo relacionadas cursam com náuseas e vômitos, tais como:

• Patologias metabólicas
• Patologias gástricas
• Patologias renais
• Fármacos irritantes da mucosa gastrica
• Obstrução intestinal
• Neoplasias
Meningite
• Hérnia de hiato
• Síndrome HELLP.


Fatores predisponentes da Hiperemese Gravídica

Podemos citar a gemelidade, primigestas, adolescentes, gravidez não programada.

Exames de Laboratório para Hiperemese Gravídica

Os exames de laboratório, são importantes para um acompanhamento e instituirmos uma terapêutica adequada. E também fazermos o diagnostico diferencial com outras patologias,podemos pedir:

• Hemograma
• Provas de função hepática
• Uréia e creatinina
• Amilase
Sódio e Potassio
• Glicemia
Função tiroidiana.
• Complementado com US Obstétrica e
• US abdomem total.


Hiperemese Gravídica, tratamentos

Melhora à medida que aumenta a idade gestacional.
Agravando-se com a piora da sintomatologia, podendo chegar a um D.H.E com suas variações metabólicas , perda de peso, que em media é de 4% a 10%. Chegando-se a um internamento, em virtude do agravamento do quadro clinico com conseqüências para o concepto.


Complicações da hiperemese gravídica

Podemos citar hemorragias retinianas, pneumonite por aspiração, icterícia por lesão hepática.

Leia mais sobre gravidez.
Conteúdo do Saúde da Mulher é informativo/educativo. Não exclui consulta com profissional de saúde. Este artigo pertence ao Saúde da Mulher. Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.

Mais posts...

Não encontrou o que buscava? Pesquise

Pesquisa personalizada