Cosméticos podem causar Menopausa Precoce

A menopausa é uma preocupação de todas as mulheres maduras, hoje em dia.

Pesquisas recentes realizadas pela Universidade de Washington, em St. Louis, vêm analisando a manifestação da menopausa precoce em mulheres e os estudos indicaram que cosméticos com certos tipos de química podem estar acelerando a menopausa.





Os vilões são os ftalatos, compostos presentes em sprays de cabelo, cosméticos, embalagens plásticas e até produtos para o lar.

Além de interferir no período fértil da mulher, o ftalatos também são prejudiciais aos ovários, ao sistema reprodutor como um todo e são causa de infartos, derrames e problemas ósseos; a substância também aumenta a propensão à obesidade, diabetes e câncer.

As pesquisas foram realizadas com diversas mulheres e aquelas com maiores níveis dessa substância no corpo tiveram fertilidade reduzida, antecipando em até 2,3 anos a menopausa.




Os ftalatos são inevitáveis na vida atual, ao menos até agora, enquanto não se descobre uma maneira de tirar esse composto da rotina diária, o jeito é optar por produtos muito naturais, especialmente cosméticos e alimentos, que estarão em contato direto com nosso corpo.

Leia mais sobre Menopausa
Conteúdo do Saúde da Mulher é informativo/educativo. Não exclui consulta com profissional de saúde. Este artigo pertence ao Saúde da Mulher. Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo.

Não indicamos medicamentos, pois apenas um médico, dentista e farmacêutico são autorizados a prescrever prescrever medicamentos e, ainda sim, em um local físico de trabalho.

Fornecemos aconselhamento/assistência farmacêutica.

Infelizmente, não conseguimos responder a todas as perguntas, mas muitas são respondidas pelos próprios internautas que veem as perguntas e as respondem.

ATENÇÃO!
Respostas que não foram escritas pelo Saúde da Mulher NÃO são de responsabilidade do Blog.

Não encontrou o que buscava? Pesquise

Pesquisa personalizada