• Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher
  • Anunciar no Saúde da Mulher

Abacate aumenta a fertilidade

Comer abacate e molho saladas com azeite de oliva pode ajudar as mulheres que tentam ter um bebê por fertilização in vitro, os pesquisadores afirmam.

Os alimentos normalmente consumidos como parte da dieta mediterrânea podem triplicar as chances de sucesso para as mulheres que fazem tratamento de fertilidade.

Abacate aumenta a fertilidade
Abacate aumenta a fertilidade


Um estudo descobriu que a gordura monoinsaturada - encontrada no óleo de oliva, óleo de girassol, nozes e sementes - foi melhor do que qualquer outro tipo de gordura para as mulheres que desejam ser mães.

Aquelas que ingeriam maiores quantidades tinham 3,4 vezes mais chances de ter um filho após fertilização in vitro do que aquelas que comiam a menor quantidade.

Em contraste, as mulheres que comiam a gordura saturada, principalmente encontrada na manteiga e carne vermelha, produziam óvulos menos saudáveis para uso em tratamentos de fertilidade.

Especialistas dos EUA estavam por trás do estudo e acreditam que as gorduras monoinsaturadas - que já são conhecidos por proteger o coração - podem melhorar a fertilidade por reduzir a inflamação no corpo.

O estudo foi apresentado na Sociedade Européia de Reprodução Humana e Embriologia, em Istambul. Foi realizado na Harvard School of Public Health, financiado pelo National Institutes of Health EUA.

O líder do estudo, o professor Jorge Chavarro, disse: "Os melhores alimentos para comer para aumentar a fertilidade são o abacate, que tem vários níveis de gordura monoinsaturadas e baixos de outros tipos de gordura e o azeite de oliva.

Fonte: Dailymail
Conteúdo do Saúde da Mulher é informativo/educativo. Não exclui consulta com profissional de saúde. Este artigo pertence ao Saúde da Mulher. Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.

Não encontrou o que buscava? Pesquise

Pesquisa personalizada