Desapega, Lucinha! ou melhor, Renata!

Tenho a péssima mania de juntar tralhas. Guardo tudo, o que presta e também o que não é tão útil assim. Guardo, inclusive, objetos ou pedaços de papel apenas para guardar uma lembrança...

Sou assim e acho que a cada ano fico ainda pior, ainda mais saudosa e nostálgica. E quanto mais tempo guardo uma tranqueira qualquer, mais tenho pena de me desfazer dela. Contudo, um comercial - ou melhor três campanhas da OLX - classificados grátis me fizeram repensar meus atos.

Uma das campanhas televisivas da OLX é sobre a coitada da Lucinha que não consegue se desfazer do rádio relógio antigo, apesar da música chata. O outro é sobre um rapaz que não consegue se desfazer de uma moto, mesmo quando sua namorada fica encharcada de água da chuva, e o outro comercial o rapaz não consegue vender seu pequeno apartamento e comprar um novo e maior, apesar de a família ter aumentado.

Após ter assistido a esses comerciais comecei a fazer uma verdadeira faxina em minha casa inteira, a jogar fora ou doar a quem precisa, muitas e muitas coisas. Para vocês terem uma ideia, o meu fogão é por indução, ou seja, nele só pode ser usado fogão de aço inox ou qualquer outro em que grude um ímã. Portanto, não faz sentido ficar com panelas usadas em fogão à gás, mas eu as mantinha todas para o caso de um dia voltar a usar fogão a gás. E eu pergunto: pra quê? Doei todas ao guardinha da rua, que quase chorou de felicidade.

Minhas amigas, o que quero dizer com isso? A nossa saúde também depende de atos como esses. Ou seja, desapegar faz realmente muito bem.

E para te animar a fazer o mesmo assista ao comercial que recomenda que a Lucinha desapegue, veja ou re-veja:



* Este post é um publieditorial
Leia Mais ►

Não encontrou o que buscava? Pesquise

Pesquisa personalizada