Mastite, sintomas e tratamentos

A dor nos seios durante a amamentação pode ser causada pela mastite e é comum a muitas mulheres no início da amamentação.

Saiba quais são os sintomas da mastite, as causas e o tratamento, em mais um artigo sobre a saúde dos seios.

Mastite, o que é


É uma inflamação da glândula mamária comum nas primeiras semanas após o parto. O aparecimento da mastite é muito comum entre as mulheres que amamentam.



Mastite, sintomas

  • Inchaço, 
  • vermelhidão,  
  • dor 
mastite sintomas e tratamentos
amamentação pode causar mastite

Os sintomas da mastite instalam-se numa das mamas, quase sempre nas primeiras semanas após o parto. É uma inflamação da glândula mamária, que tanto pode ser infecciosa como devido ao entupimento dos ductos mamários (os canais por onde passa o leite).

Leia também:



É o típico ingurgitamento, fonte de dor em muitas mulheres que amamentam.

Os sintomas tendem a aparecer em apenas uma das mamas, raramente em ambas. Ao inchaço e à dor podem juntar-se a febre e um mal-estar geral, que em nada contribuem para a tranquilidade desejada no momento de amamentar o bebê.

Um desconforto que, aliado ao receio de passar a infecção para o bebê, pode levar a mulher a desistir precocemente de amamentar.

Todavia, não há razões médicas que o justifiquem. Não há risco de o bebê ficar infectado e o mais que pode acontecer é que o leite tenha um sabor diferente.

Mastite infecciosa

Na mastite infecciosa, as bactérias ‒ existentes na pele da mulher ou na boca do bebé‒ penetram na glândula mamária através de uma lesão na pele da mama ou através da abertura dos ductos mamários, no mamilo. Uma vez nos tecidos internos da mama, as bactérias multiplicam-se, causando dor, vermelhidão e inchaço e obstruindo a passagem do leite.

Mastite por entupimento do canal do leite

Pode acontecer também que a doença não tenha origem infecciosa, sendo a inflamação consequência do acumular de leite nos ductos, por insuficiente esvaziamento da mama.

Mastite, tratamentos

Recorra a um médico, pois se a causa da doença for infecciosa é necessário um antibiótico, que deve ser tomado até ao fim (ou de acordo com indicações específicas do prescritor) ainda que os sintomas melhorem ou desapareçam.

Tratar a mastite é importante para prevenir algumas das suas complicações. Desde logo o desenvolvimento de abcessos mamários ‒ pequenos nódulos com pus que podem requerer drenagem cirúrgica. Outra das complicações possíveis envolve o alastramento do leite acumulado nos ductos ao tecido mamário circundante, causando maior dor e inflamação. Há ainda que ter em conta o fato de a doença ser recorrente, podendo repetir-se durante o tempo de amamentação do mesmo bebé ou após um segundo parto.

Em regra, o tratamento da mastite infecciosa prolonga-se por duas semanas caso haja necessidade de tomar anbióticos. Se os sintomas entretanto não cessarem é melhor voltar ao médico, pois há uma forma rara de cancro da mama ‒ inflamatória ‒ que também se manifesta através de vermelhidão e inchaço, podendo inicialmente ser confundida com a doença.

Paralelamente ao tratamento, a mulher pode adotar uma série de cuidados que lhe vão proporcionar alívio. É o caso da aplicação de compressas mornas sobre a mama afectada e da ingestão reforçada de líquidos.

Continuar a amamentar também ajuda, pois estimula o fluxo de leite, prevenindo o ingurgitamento.

E ao mesmo tempo permite ao bebê desfrutar daquele que é, reconhecidamente, o melhor alimento no primeiro ano de vida.

Mastite, prevenção

Ao amamentar, há alguns gestos que ajudam a prevenir a mastite ou atenuá-la:

• Esvazie completamente uma mama antes de passar para a outra
• Na refeição seguinte, comece pela mama que ofereceu ao seu bebê em último lugar na refeição anterior
• Retire leite com uma bomba própria se sentir a mama demasiado cheia e ainda faltar tempo para a próxima refeição do bebê
• Não amamente sempre na mesma posição
• Não deixe o seu bebê usar a mama como chupeta
• Use um sutiã adequado, com reforço
• Aplique um creme nutritivo próprio para os seios para prevenir as fissuras.

Fonte

27 comentários:

  1. eu tive um caso serio de mastite na primeira gravidez;tive que passar por uma cirugia e um longo tratamento...agora to gravida dinovo depois de 5anos mas tenho medo de passar por tudo aquilo de novo ,eu corro algum risco?

    ResponderExcluir
  2. o medico fa lou que eu tenho mastite mas ainda nao tenho filho pode acontecer


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode acontecer sim. Aconteceu comigo e foi necessario tratamento com antibiotico e antiinflamatorio.

      Excluir
  3. estou tento quadros de mastite mais o meu filho mais novo tem 1 ano e 3 meses , o seio fica inchado com placas vermelhas , fui na mastologista e ela disse que eh normal , mais sofro com isso vai fazer 1 ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. procura a ubs passa pelo ginicologista,quando estiver bem vermelho assim ele te encaminha para um especialista,faz tres anos que trato e ja passei por duas cirurgia,tudo isto porque os medicos diziam ser normal!!!!!

      Excluir
  4. Meu filho já está com dois anos esete meses ainda amamento.Uma noite deixei de dar o peito já que estou querendo desmamá-lo.Tive muita febre e um mal estar terrível, fora a dor no peito. O que faço? quero desmamá-lo e não consigo.

    ResponderExcluir
  5. Em 2008 tive mastite fiz um longo tramamento muito doloroso e até fiz cirurgia, e não tive filho,agora estou de novo com começo de mastite e não estou gravida eu quero saber porque isso da em mulheres que não estão gravida eu estou com muito medo porque não quero passar por tudo que passei só Deus sabe o quanto sofri com isso. mastite tem risco de virar um câncer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nao vira cancer,mastite é uma bacteria que vem da boca,as vezes um ferimento a bacteria passa!!!!

      Excluir
  6. já estou com a mastite a 1 mês e minha filha irá fazer 2 meses .
    não sei mas oq fazer já fui ao médico me deram indicações mas nada
    adiantou, e agora meu seio está ficando um pouco vermelho !
    estou sofrendo muito.. porque não quero parar de amamentar, dizem
    que quando nós começamos o tratamento o leite seca :/
    Quero que alguém me ajuda, oq faço para não fazer a cirurgia;
    quero curar com remédios e tratamentos caseiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tive e acabei de tratar e estou ótima. procure um mastologista, ele vai fazer os procedimentos necessário.
      espero ter ajudado, boa sorte.

      Excluir
    2. Passe copaiba, em toda mama, pois ajuda a drenar o pus que dica alojado nos ductos, eu tmbem tive mastite e curei so com esse antibiotico natural.

      Excluir
    3. onde encontro esse remedio natural copaiba?

      Excluir
  7. gente socorro!!!! estou com uma prima na mesma situaácao, pois e esta com mastite e tem protese de silicone e tomou remedio para secar o leite mas ainda nao resolveu e tomou antibiotico. O que podemos fazer para ajudá-la.

    obrigada.

    ResponderExcluir
  8. Também estou fazendo tratamento com antibiótico e anti-inflamatório. Será que meu leite vai secar?

    ResponderExcluir
  9. Estou com mastite pela segunda vez,agora em apenas um dos seios, o que tem me ajudado é passar óleo de amendoas nos seios após tomar banho,deixa os seios mais moles e com isso sai mais leite na concha de amamentação.

    ResponderExcluir
  10. minha filha e mãe pela primeira vez já teve mastite quatro vezes em um seio só,já não sei mais oque fazer fez duas cirurgia e de nada adiantou.óque faço me ajudem....bjo e muito obrigado !

    ResponderExcluir
  11. Tenho 46 anos,não amamento e tenho mastite com frequência.O que posso fazer?

    ResponderExcluir
  12. gente acabei de desmamar gemeas, de 1 ano e 7 meses, não estou aguentando de dor nos seios, estão muito inchados, quanto mais tiro o leite mais acumula, se não tiro doi muito. o que faço, me ajudem

    ResponderExcluir
  13. meu filho tem 3 meses e agora apresentei uma mastite, acredito que traumatica pois o bebê brincando chutou minha mama.

    ResponderExcluir
  14. ha um a ano atras fiz uma cirurgia de um coagulo pequeno que fex entrar o mamilo do meu seio, depois de ser retirado, retonou e ficou mese, enfie agulhas sozinha colhendo e coloquei um remedio, um exprei com a ciringa sozinha. Fiquei boa por 6 meses. Acho que vestir uma blusa ou deitei com o seio exposto na cama e acho que a poeira deve ter entrado pelos poros e retornou.Doi muito e esta sensivel. Li nos sites que o melhor tratamento sao antibioticos que tem a substancia da penicilina. é o que beber para ver se mata a bacteria.

    ResponderExcluir
  15. a minha filha ela esta com mastite,ela só tem 13,anos isso é normal,

    ResponderExcluir
  16. Há mais ou menos 3 dias estou sofrendo com mastite. Meu seio está quente, vermelho e com áreas muito doloridas. Não estou nem conseguindo amamentar meu filho tamanha dor que sinto. Não sei o que fazer. Alguém sabe dizer oq resolve?

    ResponderExcluir
  17. meu filho tem 9 anos e estou com mastite tmb, ja fui ao medico ele receitou antibiotico por 10 dias tomei e melhorou depois da regra está começando tudo de novo q desespero é isso gente!!!

    ResponderExcluir
  18. gostaria de saber se é normal ter mais leite em um seio que no outro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é normal ter mais leite em um dos seios, mas o que você pode fazer para estimular uma maior produção no outro seio é colocar o bebê para sugar por um tempo maior, para estimular a produção de leite. Fazer compressas mornas também é indicado. No entanto, se apenas 1 seio continuar produzindo mais leite, isso é normal!

      Excluir
  19. Ola podem explicar uma coisa? É que parece que tenho mastite ou outra coisa... espero nao ser grave. É que me dói o seio esquerdo quando lhe toco ou quando o ferrinho do sutian bate na pele... a dor é onde o ferrinho do sutian acaba. Estou muito nervosa pensando que pode ser grave. A vossa dor é assim? Ajudem-me pff. É que nao to grávida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandra, me parece que é o ferrinho do sutiã que está causando essa dor. Talvez ele esteja deixando a região dolorida mesmo quando vc não o está usando. Tente usar um sutiã sem ferrinho para ver se a dor passa. Se mesmo assim não passar, procure um médico. Tente tb, fazer o autoexame dos seios para ver se há algum nódulo.
      Veja como fazer o auto-exame aqui: http://www.saudecomciencia.com/2009/04/como-fazer-o-autoexame-de-mama-previne.html

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo.

Não damos receitas nem indicamos medicamentos, pois apenas um médico e em um consultório é autorizado a prescrever medicamentos.

Fornecemos aconselhamento/assistência farmacêutica de farmacêuticos

ATENÇÃO!
Respostas que não foram escritas pelo Saúde da Mulher NÃO são de responsabilidade do Blog.

Não encontrou o que buscava? Pesquise

Pesquisa personalizada
sem acentos