Yoga melhora desempenho feminino nas relações íntimas

posições de yoga e a saúde feminina
Você que pratica ou já praticou Yoga sentiu alguma diferença para melhor em sua vida íntima? Notou se teve mais atração pelo seu parceiro, se sentiu menos dor ou se obteve mais satisfação?

Se a resposta foi sim, isso pode não ter sido apenas coincidência como mostra um estudo recente...


Uma pesquisa publicada no “The Journal of S. Medicine”, demonstrou que as mulheres que praticam yoga são mais satisfeitas. Quanto mais posições diferentes forem praticadas melhor será o desempenho físico, assim como maior será o desejo e mais fácil será chegar ao orgasmo.

Todas as posições que melhoram a vida íntima feminina estão resumidas na imagem acima. Não importa a ordem em que os movimentos são feitos, mas a frequência e duração dos exercícios: para ser eficaz você deve treinar duas ou três vezes por semana e manter cada posição por cerca de um minuto apenas.

Estas posições são todas bastante simples e podem ser adotadas mesmo por aqueles que nunca praticaram yoga antes e por quem não tem tempo suficiente para se dedicar aos esportes.

Além de melhorar a saúde intima feminina como um todo, as diferentes posições de yoga ajudam a melhorar a circulação, tonificam os músculos, fortalecem a região abdominal e pélvica, melhoram a flexibilidade, relaxam e aliviam o estresse, pois é sabido que as tensões do dia a dia são inimigas da satisfação plena.

Fonte e foto: Shine
Conteúdo do Saúde da Mulher é informativo/educativo. Não exclui consulta com profissional de saúde. Este artigo pertence ao Saúde da Mulher. Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo.

Não indicamos medicamentos, pois apenas um médico, dentista e farmacêutico são autorizados a prescrever prescrever medicamentos e, ainda sim, em um local físico de trabalho.

Fornecemos aconselhamento/assistência farmacêutica.

Infelizmente, não conseguimos responder a todas as perguntas, mas muitas são respondidas pelos próprios internautas que veem as perguntas e as respondem.

ATENÇÃO!
Respostas que não foram escritas pelo Saúde da Mulher NÃO são de responsabilidade do Blog.

Não encontrou o que buscava? Pesquise

Pesquisa personalizada